07 novembro 2007

My sweetest friend

No post passado esqueci-me de referir algo extremamente importante. O Show das Vampiras Lésbicas de Sodoma foi simplesmente espectacular. Foi rir do principio ao fim, sem parar. Piadas para todos os géneros... inteligentes, físicas, brejeiras... sátira, crítica... Simplesmente excelente. Também houve momentos de improvisação (e eu sei disto porque as amigas que foram comigo e que vão com a peça para todo o lado e provavelmente já a tenham visto 56 mil vezes, me avisaram) que provocaram sonoras gargalhadas entre os próprios actores da peça. E eu acho imensa piada a isso. Engraçado também foi conhecer alguns dos actores antes da peça começar. Acho que nunca tinha conhecido gente do teatro e foi bom acontecer. Enriquece. Nunca se esqueçam que os actores num palco, numa televisão, num cinema, estão a representar. Em suma... se estiverem em Lisboa, ver as Vampiras Lésbicas de Sodoma é obrigatório.

Há uma semana atrás, mais ou menos, o pessoal do Sac organizou um jantar de despedida para a Sky Mary, uma óptima colega e uma grande amiga. Escusado será dizer, para quem nos conhece, que foi brutal. Depois do jantar alguns de nos fomos para o Pixote, no Porto, um bar de Karaoke para quem não conhece. Uma colega minha gravou dois vídeos de eu a cantar: Um sozinho e outro com outro colega. Fiquem com ambos:






4 comentários:

Winter disse...

Por acaso até me conhecias a mim, que fiz teatro uma catrefada de anos, mas pronto, estas desculpado.

Winter disse...

Ah! Esqueci-me de perguntar: o facto do Van Damme estar a deitar sangue pelo nariz é uma consequência de te ter ouvido cantar, certo? (Há quem deite pelos ouvidos, mas o Jean-Claude é outra categoria... :P)

_Loot_ disse...

Um feliz 2008 para ti Kal El

Abraço

heroina disse...

Nunca te tinha ouvido cantar... gostei ;) ****